RELATÓRIO DE SUSTENTABILIDADE - INVESTIDORES



APRESENTAÇÃO 

Pelo segundo ano consecutivo, apresentamos o nosso Relatório de Sustentabilidade com base no modelo da Global Reporting Initiative (GRI), com intuito de ampliar a transparência nos processos de relato da gestão corporativa sob o viés da sustentabilidade. Reiteramos, dessa forma, o compromisso de fortalecer, cada vez mais, a aplicação do conceito de sustentabilidade nas práticas de gestão das unidades de negócios da Lojas Americanas, bem como de aperfeiçoar, continuamente, os canais de comunicação com os nossos públicos de interesse, dentre os quais destacamos este relatório. 

Aqui, nesta edição especial do nosso Relatório, estão destacados os fatos mais relevantes do ano de 2013 direcionados aos nossos acionistas e investidores. O documento completo pode ser acessado em nosso site de RI: http://ri.lasa.com.br/ 

MENSAGEM DA ADMINISTRAÇÃO 

Estamos comprometidos com uma gestão de alto padrão de sustentabilidade.

Seguimos firme com o compromisso de redução dos impactos ambientais das nossas atividades, associada ao fortalecimento do desenvolvimento social e ao crescimento econômico com visão de longo prazo nas localidades onde estamos presentes. 

Pelo segundo ano consecutivo, publicamos nosso Relatório de Sustentabilidade e com base no modelo da Global Reporting Initiative (GRI), organização internacional que desenvolveu um dos padrões de relato mais aceitos e difundidos entre as maiores empresas mundiais. Aliado a esse avanço, concluímos o processo de consulta aos nossos principais públicos de interesse (associados, clientes, fornecedores, acionistas e especialistas em sustentabilidade empresarial) que reforçou para nós percepções internas e externas a respeito dos temas mais estratégicos para os nossos negócios, abordados nesta publicação. 

Seguindo a evolução dos últimos anos, a Lojas Americanas apresentou consideráveis avanços em seu desempenho financeiro, aliando crescimento e rentabilidade. Na visão consolidada, alcançamos uma receita bruta de R$ 15,5 bilhões no ano de 2013. No mesmo período, a receita líquida foi de R$ 13,4 bilhões, crescimento de 18,2%. Na controladora, o crescimento da receita líquida no conceito “mesmas lojas” foi de 9%, considerando apenas as lojas inauguradas há mais de um ano. 

Assim seguiremos ampliando relacionamentos de confiança com todos os nossos públicos de interesse e completaremos 85 anos com o entusiasmo renovado e com expectativas muito positivas para o futuro. 
 

A ADMINISTRAÇÃO 

A Lojas Americanas

Há 84 no mercado, a Lojas Americanas foi fundada em Niterói (RJ), e está presente em todas as regiões do país (25 estados mais o Distrito Federal). 

Desde 1929, quando foi fundada, em Niterói (RJ), ocorreram muitas mudanças no setor de varejo brasileiro. A essência do nosso modelo de atuação, no entanto, permanece a mesma: garantir aos clientes a maneira mais conveniente de fazer compras. Para isso, contamos com as lojas tradicionais com reposição diária de estoques e aproximadamente 60 mil itens, e com as lojas no modelo Express com área média de vendas de inferior e sortimento selecionado em torno de 15 mil itens, adequado às características de cada localidade e ao perfil dos clientes de cada loja. 

Novos Centros de Distribuição (CDs) são inaugurados com o objetivo de melhorar a operação e otimizar a logística. Estrategicamente posicionados para ficarem mais próximos das lojas, os CDs contribuem com a redução dos impactos de emissões e transporte, além de diminuírem o tempo de entrega dos produtos nas lojas. 

Para aprofundar nossa atuação como empresa sustentável de forma relevante para os nossos públicos de relacionamento, realizamos uma pesquisa de materialidade incluindo os nossos consumidores. Tal pesquisa foi realizada por meio de consultas online e recebeu mais de 800 respostas de clientes – e também considerou as respostas de fornecedores, funcionários, diretores da Companhia e quatro especialistas em sustentabilidade. 

Abaixo você pode conferir os resultados da pesquisa em nossa Matriz de Materialidade, o eixo interno representa os assuntos mais relevantes dentro da nossa.



Companhia e o eixo externo aponta os temas de maior importância para a sociedade. 

Através do levantamento das percepções da sociedade sobre a nossa atuação, pudemos definir os temas estratégicos que serão tratados de forma prioritária no ano de 2014. 

Prêmios e Reconhecimentos 

Orgulho e sensação de dever cumprido, esses foram os sentimentos durante as premiações que tivemos em 2013. Em novembro a Lojas Americanas foi vencedora do Prêmio Época Reclame Aqui na categoria Rede de Varejo e a controlada B2W Digital foi campeã em quatro categorias dessa mesma premiação. 

Outro prêmio que nos deixou muito felizes foi o de Maiores e Melhores da revista Exame, no qual a Lojas Americanas ficou em 1º lugar na categoria Varejo, além de ter ocupado a 57ª colocação das Maiores Empresas do Brasil. 

Em levantamento feito pela consultoria Deloitte (Os Poderosos do Varejo Global) e divulgado na revista Exame, a Lojas Americanas foi destaque por ser a única varejista brasileira entre as 250 maiores do setor no mercado mundial. Esse resultado obtido foi com base na receita de 2012 das principais empresas de varejo do mundo. Saber que fazemos parte das maiores do mundo nos motiva a superar e trazer cada vez mais resultados positivos. 

GOVERNANÇA 

Diretrizes corporativas 

Apoiados por comitês internos, o Conselho de Administração e a Diretoria determinam as diretrizes da Companhia. 

A Lojas Americanas S.A. é listada na Bolsa de Valores, Mercadorias e Futuros (BM&FBovespa) desde 1940. A Companhia possui uma base acionária composta de ações ordinárias (LAME3) e ações preferenciais (LAME4). 

A Companhia conta com um Conselho de Administração formado por sete membros, sendo cinco indicados pelos controladores e dois indicados pelo Conselho de Administração. A Lojas Americanas também conta com um Conselho Fiscal formado por três membros, sendo dois indicados pelo controlador e um indicado pelos acionistas minoritários. 

O Conselho de Administração e a Diretoria determinam as diretrizes da Companhia apoiados por comitês internos, incluindo o Comitê de Finanças, o Comitê de Gente e Remuneração, o Comitê Digital e o Comitê de Sustentabilidade. 

Segue breve resumo das atividades dos comitês: 

Comitê de Finanças 

O Comitê de Finanças informa e aconselha o Conselho de Administração em relação a todas as decisões envolvendo as políticas financeiras da Companhia, garantindo que esta cumpra suas obrigações, políticas e mantenha a responsabilidade financeira. 

Comitê de Gente e Remuneração 

O Comitê de Gente e Remuneração informa o Conselho de Administração em relação a todas as decisões envolvendo as políticas de gente e remuneração da Companhia, garantindo (i) que os membros do Conselho de Administração, da Diretoria e todos os associados tenham incentivos para alcançar resultados excepcionais, sendo recompensados adequadamente; (ii) a aplicação correta e eficiente da cultura da Companhia, que preza pelo aprimoramento constante e a meritocracia, e garante o alinhamento dos interesses dos associados e dos acionistas; e (iii) que a Companhia consiga atrair, captar, reter e desenvolver os melhores profissionais e líderes, garantindo a sucessão de seus principais executivos. 

Comitê Digital 

O Comitê Digital assessora o Conselho de Administração no cumprimento de suas responsabilidades de supervisão digital nas áreas de tecnologia e da tecnologia envolvida no comércio por meio da internet, televisão, telefonia móvel, diretamente ao consumidor, assim como canais emergentes. 

Comitê de Sustentabilidade 

O Comitê de Sustentabilidade contribui na definição das melhores práticas de gestão, com base na busca do equilíbrio entre os pilares econômico, ambiental e social (triple bottom line da sustentabilidade), além de garantir o envolvimento de todos os profissionais da Companhia com as questões socioambientais. 

Tag Along de 100% a Todos os Acionistas 

Desde 2006, Lojas Americanas mantém em seu Estatuto Social o compromisso de conceder tag along integral (100%) às ações ordinárias e preferenciais da Companhia. Isso garante que todos os acionistas de Lojas Americanas terão tratamento igualitário no caso de troca de controle da Companhia, sendo assegurado o direito de vender suas ações nas mesmas condições negociadas pelos controladores. 

Constituição da B2W com Elevados Padrões de Governança Corporativa 

Ao final de 2006, Lojas Americanas anunciou a fusão entre sua subsidiária Americanas.com e o Submarino. A operação resultou na criação da B2W, e a Lojas Americanas passou a deter, na época, 53,25% do capital da nova empresa. 

A B2W foi constituída sob as regras estabelecidas pelo Novo Mercado da BM&FBovespa, o mais alto nível de Governança Corporativa do Brasil. Estas incluem uma base acionária composta exclusivamente de ações ordinárias e a eleição de membros independentes para o Conselho de Administração. A B2W conta com um Conselho de Administração formado por sete membros, sendo quatro indicados pela Lojas Americanas e três membros independentes. A B2W também conta com um Conselho Fiscal formado por três membros, sendo dois indicados pelo controlador e um indicado pelos acionistas minoritários. 

Política de Dividendos 

Em 2013, foi proposta aos acionistas a distribuição de lucros de R$ 100 milhões, em dividendos e em juros sobre o capital próprio (antes do imposto de renda retido na fonte), com base no lucro líquido do exercício. O Estatuto Social da Companhia, em linha com os princípios da legislação vigente, fixa o valor mínimo para dividendos em 25% do lucro líquido do exercício, após a formação de reserva legal de 5%. 

Programa de Recompra de Ações 

Desde 2003, a Lojas Americanas possui um plano de recompra de ações da Companhia com o objetivo de mantê-las em tesouraria ou posterior cancelamento. O programa prevê a recompra de até 4.114.520 ações ordinárias nominativas escriturais e 4.803.596 ações preferenciais nominativas escriturais. 

Ações 

As ações preferenciais da Lojas Americanas (LAME4) fazem parte do Ibovespa, o mais importante indicador do desempenho médio das cotações do mercado de ações brasileiro. Além disso, as ações ordinárias e preferenciais da Companhia fazem parte do Itag – Índice de Ações com Tag Along Diferenciado. Esse indicador é composto de ações de empresas que oferecem as mesmas condições aos acionistas minoritários, em caso de troca de controle. Além disso, a Lojas Americanas S.A. também faz parte de outros importantes índices, tais como IBRX-50, ICO2, ICON, IVBX-2, MLCX e MSCI-Barra. 

Auditores Independentes 

Em conformidade com a Instrução CVM nº 381, a Companhia informa que os seus auditores independentes prestaram serviços de avaliação de aquisição de empresas para a Companhia e sua controlada B2W, tendo sido contratados em 20 de fevereiro, 19 de abril, 5 de julho, 12 de agosto e 5 de setembro de 2013, recebendo honorários totais de R$ 260.000, representando cerca de 20% dos honorários totais relativos aos serviços de auditoria externa. Os referidos serviços já foram executados e não conflitam com as normas de independência dos auditores independentes. 

A política da Companhia na contratação de outros serviços, que não auditoria externa, de auditores independentes assegura que não haja conflito de interesses, perda de independência ou objetividade desses auditores independentes. 

Integramos o Pacto Global 

Em 2013, ficamos muito orgulhosos em dar mais um passo rumo à mudança de patamar socioambiental e econômico da Companhia. Fortalecendo ainda mais a nossa gestão de alto padrão de sustentabilidade, no dia 1º de novembro, aderimos ao Pacto Global da Organização das Nações Unidas (ONU). Com a adesão, formalizamos o nosso compromisso em exercer as melhores práticas corporativas de respeito aos Direitos Humanos, bem como ao meio ambiente e à ética nos negócios, ao redor do mundo. Com isso, oficializamos o nosso compromisso com: 
 

  • O respeito e a proteção dos direitos humanos – incluindo o combate ao preconceito, a valorização da diversidade, a busca pela erradicação do trabalho infantil e do trabalho compulsório;

  • O apoio à liberdade de associação e o reconhecimento efetivo do direito à negociação coletiva;

  • A manutenção de condições dignas de trabalho em nossa Companhia e o incentivo aos nossos fornecedores de buscarem o mesmo – incluindo à prevenção do assédio moral;

  • A preservação do Meio Ambiente e incentivar o desenvolvimento e difusão de tecnologias ambientalmente amigáveis;

  • O combate à corrupção em todas as suas formas.

  • Com a adesão ao Pacto Global, passamos a somar esforços com outras empresas que também são comprometidas com esses temas e a melhorar cada vez mais o nosso modelo de gestão. Acreditamos que vamos avançar ainda mais na trajetória que estamos construindo como Companhia Verde, a partir desse importante ato de engajamento corporativo. Como parte dos compromissos assumidos no Pacto Global, relataremos, anualmente, por meio deste relatório, os progressos alcançados em alinhamento aos princípios e valores da ONU.


Atendimento multicanal

Com uma estrutura operacional que vai além das lojas físicas, a Lojas Americanas é controladora da B2W Digital, líder no e-commerce da América Latina. A B2W Digital opera por meio de uma plataforma digital, com negócios que apresentam forte sinergia e um modelo único de negócios, multicanal, multimarca e multinegócios. A Companhia possui um portfólio com as marcas Americanas.com, Submarino, Shoptime, B2W Viagens, Ingresso.com, Submarino Finance e SouBarato, que oferecem mais de 35 categorias de produtos e serviços, por meio dos canais de distribuição internet, televendas, catálogos, TV e quiosques. 

Missão

Realizar os sonhos e atender às necessidades de consumo das pessoas, poupando tempo e dinheiro e superando as suas expectativas. 

Visão 

Ser a melhor empresa de varejo do Brasil.

  • Pelos clientes, sermos considerados a melhor opção de compras.

  • Pelos acionistas/investidores, sermos considerados o melhor retorno no segmento.

  • Pelos associados, sermos considerados a melhor opção de desenvolvimento profissional.

  • Pelos fornecedores, sermos considerados o melhor canal de distribuição.

  • Pela sociedade, sermos considerados uma empresa social e ecologicamente responsável.

Valores

  • Ter as melhores pessoas

  • Ser um bom “Dono do Negócio”

  • Buscar a excelência na operação

  • Ter foco no cliente

  • Delta – Fazer mais e melhor a cada dia

  • Ser obcecado por resultados


Ética como prioridade 

Pautamos o nosso relacionamento com a sociedade pelo respeito às diferenças individuais e pela responsabilidade social que permeia as nossas atividades. Nesse sentido, a ética é um princípio fundamental que direciona a nossa gestão corporativa para o aprimoramento contínuo, visando a excelência no trato com questões socioambientais, de segurança e saúde, direitos humanos, bem como outros temas estratégicos. 

Nosso Código de Ética e Conduta reflete valores e compromissos que devem ser compartilhados por todos os associados da Companhia no relacionamento com os nossos públicos estratégicos (acionistas, clientes, fornecedores, prestadores de serviço, governo e sociedade). Os nossos públicos de relacionamento devem comprometer-se a zelar pela aplicação das seguintes diretrizes: 
 

  • respeito às leis;

  • combate à corrupção;

  • acesso a atividades de educação e desenvolvimento;

  • segurança e saúde;

  • erradicação de qualquer forma de trabalho compulsório;

  • erradicação do trabalho infantil;

  • prevenção do assédio em qualquer uma de suas formas;

  • combate à exploração sexual de crianças e adolescentes;

  • combate à prática de discriminação em todas as suas formas;

  • valorização da diversidade;

  • respeito à livre associação sindical e direito à negociação coletiva;

  • responsabilidade socioambiental.


O Código de Ética e Conduta da Companhia está disponível na íntegra no website: http://ri.lasa.com.br/a-empresa/codigo-de-etica-e-conduta 

Integramos o Pacto Global da ONU

Em 2013, ficamos muito orgulhosos em dar mais um passo rumo à mudança de patamar socioambiental e econômico da Companhia. Fortalecendo ainda mais a nossa gestão de alto padrão de sustentabilidade, no dia 1º de novembro, aderimos ao Pacto Global da Organização das Nações Unidas (ONU). Com a adesão, formalizamos o nosso compromisso em exercer as melhores práticas corporativas de respeito aos Direitos Humanos, bem como ao meio ambiente e à ética nos negócios, ao redor do mundo. Com isso, passamos a somar esforços com outras empresas que também são comprometidas com esses temas. 

Acreditamos que vamos avançar ainda mais na trajetória que estamos construindo como Companhia Verde, a partir desse importante ato de engajamento corporativo. Como parte dos compromissos assumidos no Pacto Global, relataremos, anualmente, por meio deste relatório, os progressos alcançados em alinhamento aos princípios e valores da ONU. 

Parceria com fornecedores 

Nosso relacionamento com os fornecedores é pautado pela confiança e pela parceria. Nesse sentido, além do nosso objetivo de ser um excelente canal de distribuição para esses parceiros, atuamos de forma a incentivá-los e a crescer junto com a Companhia. 

Adotamos como diretriz corporativa, presente nos códigos de conduta internos, bem como no compromisso internacional firmado por meio do Pacto Global da ONU, critérios rígidos de seleção e contratação de fornecedores, nos contratos novos e nos já firmados. 

Entendemos que a escolha dos fornecedores tem grande importância para o planejamento e resultado da Companhia. Assim, o objetivo de exercer práticas rigorosas para a seleção e contratação desses parceiros de negócios é garantir que todos os produtos e serviços oferecidos por nós não apresentem riscos à saúde e segurança dos clientes. Além disso, estamos atentos para que as etapas do processo produtivo das redes com as quais nos relacionamos não sejam contrárias às boas práticas empresariais. 

Outra prioridade é a disseminação de princípios de proteção e valorização dos direitos humanos incluídos nos contratos, de forma a contribuir para a erradicação de qualquer forma de trabalho forçado ou em condições contrárias à dignidade humana na cadeia produtiva. Temos, inclusive, cláusulas específicas nesse sentido, além de previsão de medidas punitivas, como descredenciamento imediato, caso haja descumprimento dos acordos. 

Nossos processos são desenvolvidos por meio de controles internos, como análise prévia documental, análise de regularidade do fornecedor e cadastro em banco de dados. Também realizamos auditoria com o uso de indicadores que auxiliam o controle e a avaliação dos contratos de fornecimento, conforme graus de criticidade quanto à estrutura do fornecedor, análise do cumprimento das conformidades, bem como estipulação de planos de ação para solução de todas as inconformidades. 

A valorização das boas práticas empresariais dos fornecedores é objeto de um projeto de certificação interna e externa. Por meio de um certificado, a Companhia atesta aos fornecedores a qualidade dos produtos e serviços adquiridos. 

Ainda como parte do nosso posicionamento sobre o tema, apoiamos diversas iniciativas de entes privados e públicos, engajados na identificação dos riscos e potenciais impactos de violação dos direitos humanos associados à nossa atividade empresarial. Inclusive incentivamos a realização de auditorias e ações de fiscalização internas e externas, de forma a inibir quaisquer atividades contrárias às expectativas dos nossos stakeholders. 

Para aprofundar nossa atuação como empresa sustentável de forma relevante para os nossos públicos de relacionamento, realizamos uma pesquisa de materialidade incluindo os nossos fornecedores. Tal pesquisa foi realizada por meio de consultas online e também considerou as respostas de fornecedores, funcionários, diretores da Companhia e quatro especialistas em sustentabilidade. 

Abaixo você pode conferir os resultados da pesquisa em nossa Matriz de Materialidade, o eixo interno representa os assuntos mais relevantes dentro da nossa Companhia e o eixo externo aponta os temas de maior importância para a sociedade. 



Através do levantamento das percepções da sociedade sobre a nossa atuação, pudemos definir os temas estratégicos que serão tratados de forma prioritária no ano de 2014. Agradecemos a participação dos fornecedores que fizeram parte dessa pesquisa! Para nós é muito importante saber o que você pensa sobre a Lojas Americanas e entender como podemos nos tornar uma empresa ainda melhor. 

Qualidade de produtos e serviços 

Passamos a contar, em 2013, com um setor específico dentro da Superintendência Jurídica da Companhia, que gerencia as certificações do Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro). Pretendemos, assim, estabelecer um procedimento que atenda aos padrões de certificação e controle de qualidade dos produtos e serviços, bem como implementar um canal direto sobre assuntos de saúde e segurança. 

Nossa política de controle e manutenção das certificações desenvolve-se por meio de diversas áreas, com equipe técnica especializada no tema. Nesse sentido, queremos reforçar o procedimento de avaliação de conformidade dos produtos e serviços oferecidos, de forma a promover adaptações necessárias na área de controle de qualidade. 

Nesse sentido, os nossos fornecedores têxteis e de marcas próprias estão passando por auditorias e fiscalizações, em função dos padrões de qualidade e segurança. Para garantir às exigências específicas do Inmetro, a Companhia conta também com o auxílio de Laboratório de Controle de Qualidade Têxtil nos seus quatro Centros de Distribuição. 

Vale ressaltar que, além de atenderem às normas do Inmetro de controle de qualidade, todos os nossos produtos seguem as exigências da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). 

Entendendo a necessidade de nos mantermos alinhados ao compromisso de satisfação do cliente, em 2014 nosso objetivo será garantir a melhoria dos processos de gestão internos e acompanhamento contínuo dos fabricantes, de forma a assegurar a confiabilidade e qualidade de todos os produtos comercializados. 

Também pretendemos aprimorar os canais de comunicação sobre embalagens, rótulos, manuais e materiais informativos, no sentido de oferecer aos clientes mais clareza em relação às características, finalidades, componentes e riscos dos produtos adquiridos por meio de nossas marcas, atendendo sempre às exigências em conformidade com leis e regulamentos relacionados. 

Logística e potenciais impactos 

Sabemos que também devido às mudanças climáticas, novas legislações e regulamentações poderão surgir e influenciar o negócio da Companhia. Essa influência poderá ocorrer por meio de metas compulsórias de redução de emissões e de consumo de energia/combustíveis, além de taxações adicionais aos combustíveis e à frota de maneira geral. Como o nosso negócio tem forte relação com serviços de logística, algum tipo de taxação ou regulação mais restritiva, nesse sentido, poderia significar um aumento no custo operacional. 

Porém, visando antecipar possíveis riscos como os mencionados, a Companhia desenvolve ações para melhorar a eficiência da operação e trabalha com metas de redução de emissões, independente de regulações e ações mandatórias. 

Nesse sentido, um exemplo é a otimização do transporte de produtos, buscando a eficiência por meio da consolidação de cargas. Essa iniciativa reduz o número de veículos em circulação e, consequentemente, os impactos ambientais da Companhia, tendo em vista que as cargas são consolidadas em uma única viagem. Assim sendo, a recomendação é que o caminhão deve estar totalmente carregado para sair dos centros de distribuição. Também é comum o compartilhamento de veículos por lojas próximas. 

Vale ressaltar que os novos CDs são inaugurados com o objetivo de melhorar a operação e otimizar a logística, como foi o caso dos três CDs abertos em 2013, em São Paulo, Minas Gerais e Pernambuco. Os CDs estão mais próximos das lojas, o que contribui para reduzir os impactos de emissões e transporte, além de diminuir o tempo de entrega dos produtos nas lojas, aumentando a satisfação dos nossos clientes e facilitando a entrega para nossos fornecedores. 

Construção com selo verde 

Contribuindo para o desenvolvimento da Região Portuária, que está passando por um programa de revitalização com o objetivo de requalificar essa região da cidade, em 2013, inauguramos uma nova unidade nessa região. O novo prédio, nomeado de BIT (B2W Inovação e Tecnologia), apresenta diretrizes totalmente sustentáveis, reforçando o nosso comprometimento com práticas de gestão inspiradas por esse importante conceito. Inaugurada em agosto de 2013, essa unidade concentra o time de tecnologia da B2W Digital, empresa controlada pela Lojas Americanas. Na reforma, foram seguidos os padrões de qualidade LEED (Leadership in Energy and Environmental Design), sistema internacional de certificação e orientação ambiental para edificações. Investimos mais de R$ 1 milhão nessa iniciativa, que também tem como ponto alto o reforço à integração e à interatividade entre os associados, já que não existem divisórias nos ambientes de trabalho e, assim, a comunicação é facilitada no dia a dia. 

Desde a concepção do projeto houve uma preocupação com a escolha de materiais e equipamentos que asseguram menores impactos ambientais. Isso significa que a utilização das dependências do BIT, além de oferecer mais conforto e bem-estar aos associados, está associada ao mais alto padrão de consumo responsável, desde recursos naturais, como água e energia, à redução da produção de resíduos. 

Nesse sentido, são vários os diferenciais ambientais do edifício, que tem cerca de 50% da sua estrutura composta de materiais reciclados. Sua fachada, por exemplo, passou por restauração, garantindo assim a arquitetura do antigo empreendimento, o que consequentemente resulta em economia de recursos naturais. Já o sistema de isolamento contribui para o aumento da eficiência energética, juntamente com outras soluções inteligentes, como iluminação sensorial em todo o prédio, o que previne tanto a geração de poluição visual como o consumo desnecessário de energia. 

Lâmpadas fluorescentes T5 – que geram cerca de 5% de economia de energia – e o sistema inteligente de ar condicionado, que evita desperdício na refrigeração das dependências, são outras soluções que também contribuem para a eficiência energética do prédio. Durante a construção, foram adotadas estratégias para que esse sistema fosse protegido contra poeira e umidade. 

Nos banheiros foram instalados dispositivos economizadores de água nas torneiras, como arejadores, restritores de vazão (6 litros/minuto) e válvulas de descarga dual flush. Também foi projetado um sistema de captação e tratamento de água de chuva para aproveitamento nas bacias sanitárias. Os motores e bombas instalados são de alto rendimento e economizadores de energia. 

Buscando incentivar um estilo de vida mais saudável para os nossos associados, construímos um bicicletário e um vestiário especialmente para as pessoas que trabalham nesse prédio e que gostariam de utilizar o transporte alternativo como opção de deslocamento. Essa iniciativa foi muito bem aceita por todos e, com isso, contribuímos para uma redução nas emissões de CO2 que os nossos associados geram no trajeto de casa para o trabalho. 

A coleta seletiva é outro item de grande importância e, com a participação de todos os profissionais que circulam diariamente pelo prédio, os resíduos recicláveis, como metal, plástico, papel/papelão, vidro, pilhas e baterias, têm destinação correta. 

Assim, as características do BIT, somadas às melhores práticas de gestão da unidade, contribuirão, consequentemente, para mais baixas emissões de gases de efeito estufa da Companhia. 

Para dar continuidade aos avanços no nosso processo de gestão para a sustentabilidade, em 2014 inauguraremos outro prédio com os mesmos padrões, em São Paulo. Temos como objetivo também reformar todas as unidades administrativas da Companhia, transformando-as em prédios verdes. 

Cidadania corporativa 

Sabemos que a Responsabilidade Social Corporativa é um conceito amplo e envolve ações de longo prazo que contribuem para melhorias e transformações nas áreas de atuação de uma empresa. Nesse sentido, em 2013 a Companhia participou ativamente de mobilizações que revelaram a importância do sentido de cidadania corporativa em prol de uma sociedade mais solidária e sustentável. Um exemplo disso foram as doações de mais de 11 mil brinquedos para áreas carentes de Angra dos Reis, Cordovil, Duque de Caxias e Valença, no estado do Rio de Janeiro. 

Em dezembro, diante das fortes chuvas que atingiram o Rio de Janeiro e causaram grandes danos materiais ao Complexo do Alemão, doamos mais de 2 mil cestas com itens para uma ceia de natal e 500 árvores de Natal para a comunidade. A doação foi possível graças à mobilização das áreas internas da Companhia junto aos fornecedores para a arrecadação dos itens. A equipe de Sustentabilidade fez as entregas pessoalmente ao presidente da associação de moradores. A campanha trouxe grande satisfação aos profissionais envolvidos, sobretudo em um período tão significativo do ano. 

Para reverter outra situação urgente também agimos proativamente. Dessa vez doamos computadores, televisor, DVDs e aparelho de som para uma escola municipal que teve seus equipamentos de informática furtados na cidade de Aperibé, região norte do Rio de Janeiro. 

Já para reforçar o apoio à causa do Instituto Nacional de Câncer (Inca), a Companhia doou mil latas de leite em pó integral, alimento fundamental à dieta dos pacientes em tratamento nessa instituição. 

Após a Bienal do Livro, o Inca também foi contemplado com a doação do Submarino de mais de 1,2 mil livros e 40 pufes. Os materiais foram utilizados no estande da marca durante o grande evento cultural, realizado no Rio de Janeiro. 

Outras contribuições à sociedade 

Em 2013, a Lojas Americanas investiu mais de R$ 2,3 milhões no patrocínio de ações socioculturais, como Bienal do Livro Rio de Janeiro, documentários e filmes com estreia prevista para 2014/2015. Na maioria das ações patrocinadas pela Lojas Americanas há contrapartidas socioambientais. 

Na Bienal do Livro Rio de Janeiro, além do patrocínio da Lojas Americanas, o Submarino – marca referência em inovação e tecnologia da B2W Digital – promoveu uma campanha para doação de livros em seu estande. Ao final do evento, foram doados mais de 1.200 livros para a Área de Ações Voluntárias do Instituto Nacional de Câncer (Inca), também conhecida como INCAvoluntário, sendo 200 livros arrecadados e mais de mil títulos doados pelo Submarino. 

A Lojas Americanas patrocinou o documentário “Amazônia da cidadania à florestania: um despertar”, que abordará o que está sendo feito em prol da educação e da sustentabilidade da região, principalmente em termos ambientais e educacionais. 

A Companhia também patrocinou o longa-metragem “São Sebastião do Rio de Janeiro”, que tratará as questões urbanísticas, sociológicas, linguísticas e artísticas da cidade, que é parte essencial da história do Brasil. 

A comédia romântica “Como você quer seu casamento?” também contou com patrocínio da Companhia e abordará de maneira leve e bem-humorada, crítica e irreverente, tudo o que envolve os bastidores de um grande casamento, como diferentes crenças, origens e classes. A história tem como pano de fundo as belas paisagens brasileiras. 

Resultados financeiros 

Os resultados confirmam a tendência dos últimos anos, com crescimento em 2013 de 12,6% na receita líquida da controladora. A Lojas Americanas busca, anualmente, o crescimento e o melhor desempenho econômico. Em 2011, eram 621 lojas físicas. Esse número passou para 729 no final de 2012 e, em 2013, para 838. Dessa forma, a Companhia cresceu e contribuiu, por meio de impostos, benefícios e contribuições, para o aumento da qualidade de vida da sociedade como um todo. 



Expansão da Rede de Lojas 

Nos últimos 10 anos, a Lojas Americanas aumentou sete vezes a sua rede de lojas. Ao final de 2013, a Companhia contava com 838 lojas espalhadas por 291 cidades dentro de 25 estados mais o Distrito Federal. Além da rede de lojas físicas, a Companhia possui quatro centros de distribuição localizados no Rio de Janeiro (RJ), em São Paulo (SP), no Recife (PE) e em Uberlândia (MG). 

O gráfico a seguir detalha a expansão da Companhia nos últimos 10 anos: 



Plano de Expansão – Programa “SEMPRE MAIS BRASIL” 

O programa “SEMPRE MAIS BRASIL”, anunciado no final de 2009, previa a abertura de 400 novas lojas no Brasil em 4 anos. 

Em 31 de dezembro de 2009, as 476 lojas da Companhia estavam localizadas em cerca de 150 cidades, em 22 estados mais o Distrito Federal. Com a conclusão do programa de expansão orgânica “SEMPRE MAIS BRASIL – 80 ANOS EM 4!”, a Companhia passa a operar 856 lojas espalhadas por 297 cidades dentro de 25 estados mais o Distrito Federal, o que significa que praticamente dobramos o tamanho da Companhia em apenas 4 anos, concluindo com êxito o desafio divulgado ao final de 2009. 

Nesse período, duplicamos o número de cidades que possuem ao menos uma Lojas Americanas, aumentando a nossa presença nas cidades mais distantes dos grandes centros urbanos e marcando a nossa entrada nos estados do Acre, Amapá e Tocantins. 

Por meio de estudos e análises de viabilidade econômica realizados internamente com a utilização da ferramenta do EVA® (Economic Value Added) em conjunto com dados socioeconômicos (população, renda, acesso a serviços básicos, acesso a bens de consumo e outros), acreditamos que no momento existe a possibilidade do nosso varejo físico estar presente em um número muito maior de cidades, além das 297 cidades em que temos lojas hoje. O estudo demonstra a oportunidade que a Lojas Americanas tem para continuar inaugurando lojas nas cidades mais distantes dos grandes centros urbanos. 

Para garantir uma maior eficiência na distribuição das mercadorias, em outubro de 2013 iniciamos as operações do nosso quarto Centro de Distribuição, em Uberlândia (MG). O novo centro garantirá maior agilidade no abastecimento das lojas físicas com o objetivo de oferecer o melhor atendimento aos clientes de Minas Gerais e das regiões Centro-Oeste e Norte. Acreditamos que o novo centro, de aproximadamente 40 mil m², é essencial para garantir a qualidade da expansão planejada para os próximos anos, suportando o crescimento e aumentando a eficiência da logística. 

Plano de Expansão – Próximos Anos 

No momento, nossas lojas estão distribuídas por 25 Estados do país mais o Distrito Federal, sendo 59,6% na região Sudeste, 17,9% no Sul/Centro-Oeste e 22,5% no Norte/Nordeste. Estamos otimistas para seguir nossa trajetória de crescimento e manteremos o compromisso com a rentabilidade e a habitual disciplina nos estudos de viabilidade econômica para abertura de novas lojas nos próximos anos. 

Com a nossa confiança no desenvolvimento do país, a continuidade do plano de expansão da Companhia vai beneficiar todas as regiões do país. Assim como ocorreu historicamente, o crescimento nos próximos anos deve ocorrer na proporção de 70% em lojas Tradicionais (área média de vendas entre 1.000 m² e 1.500 m²) e 30% em lojas Express (área média de vendas entre 300 m² e 500 m²). 

Resultados financeiros 

Os números de 2013 mostraram variação positiva tanto na controladora quanto no consolidado 

Os resultados confirmam a tendência dos últimos anos, com crescimento em 2013 de 12,6% na receita líquida da controladora. A Lojas Americanas busca, anualmente, o crescimento e o melhor desempenho econômico. Em 2011, eram 621 lojas físicas. Esse número passou para 729 no final de 2012 e, em 2013, para 838. Dessa forma, a Companhia cresceu e contribuiu, por meio de impostos, benefícios e contribuições, para o aumento da qualidade de vida da sociedade como um todo. 

Receita Líquida e Mesmas Lojas 

Em 2013, a receita líquida da controladora totalizou R$ 7,716 bilhões, uma evolução de 12,6% em relação aos R$ 6,850 bilhões registrados no ano anterior. No consolidado, a receita líquida da Lojas Americanas e suas controladas em 2013 foi de R$ 13,401 bilhões, um crescimento de 18,2% em relação ao ano anterior. 

No conceito “mesmo número de lojas”, o crescimento da receita líquida em 2013 foi de 9% em relação a 2012. 

EBITDA Ajustado 

No ano de 2013, o Ebitda Ajustado da controladora atingiu R$ 1.415,4 milhões, o equivalente a um crescimento de 14,6% em relação a 2012. A margem Ebitda Ajustada da controladora no período foi de 18,3%, 0,3 p.p. superior à margem obtida em 2012. 

Na visão consolidada, o Ebitda Ajustado totalizou R$ 1.846,0 milhões em 2013, uma melhora de 17,4% em relação ao ano anterior. A margem Ebitda Ajustada consolidada em 2013 correspondeu a 13,8% da RL, uma variação de -0,1 p.p. em relação ao ano anterior. 

Resultado Financeiro e Lucro Líquido 

A despesa financeira líquida da controladora em 2013 atingiu R$ 426,0 milhões, uma variação de 7,5% em relação à despesa de R$ 396,4 milhões de 2012. No consolidado, a despesa financeira líquida em 2013 foi de R$ 881,2 milhões, uma variação de 12,0% em relação à despesa de R$ 786,6 milhões registrada no ano anterior. 

No acumulado do ano, o lucro líquido da controladora totalizou R$ 452,2 milhões, um crescimento de 15,4% em comparação aos R$ 391,7 milhões reportados em 2012. Na visão consolidada, o lucro líquido em 2013 foi de R$ 462,9 milhões, uma melhora de 12,8% quando comparado aos R$ 410,2 milhões registrados no ano anterior. 

Endividamento 

A Lojas Americanas utiliza sua geração de caixa priorizando investimentos que apresentem os melhores retornos para os acionistas. Assim sendo, listamos a seguir as principais ações realizadas em 2013: 
 

  • Investimentos da Lojas Americanas e da B2W no imobilizado e no intangível (desenvolvimento de websites e sistemas) de R$ 1.187,1 milhões;

  • Pagamento de juros sobre o capital próprio e dividendos brutos no valor de R$ 100,0 milhões.


Os empréstimos e debêntures consolidados de curto e longo prazo da Lojas Americanas em 31/12/2013 foram de R$ 7.693,4 milhões. Subtraindo a posição de caixa no valor de R$ 5.732,6 milhões (caixa + aplicações financeiras + contas a receber dos cartões de crédito e débito) do total dos empréstimos, encontramos um endividamento líquido de R$ 1.960,8 milhões. 

Ausência de Exposição à Variação Cambial 

A Lojas Americanas S.A. possui em seu balanço do final de 2013 dívidas em moeda estrangeira. Tais dívidas, contudo, são INTEGRALMENTE PROTEGIDAS contra quaisquer oscilações de câmbio por intermédio de operações de derivativos (swaps), que substituem o risco cambial por variação da taxa básica de juros brasileira (CDI). 



VENDAS POR MEIOS DE PAGAMENTOS 

Capital de Giro Líquido da Controladora 

O capital de giro líquido na Controladora foi negativo em seis dias no 4T13, representando uma variação de 14 dias quando comparado aos –20 dias apresentados no 4T12. Durante o quarto trimestre de 2013, iniciamos as operações do nosso quarto centro de distribuição, em Uberlândia (MG). Esse importante passo para o futuro da Companhia, em um primeiro momento, elevou o nível dos estoques da Companhia. 

Acreditamos que esse efeito é pontual e que, com a alavancagem operacional do novo centro, o capital de giro líquido da Companhia será beneficiado. 

Indicadores e Destaques das Subsidiárias

> B2W DIGITAL anuncia Receita Bruta de R$ 6.964,8 milhões em 2013

Em 2013, a receita bruta consolidada atingiu R$ 6.964,8 milhões contra R$ 5.421,0 milhões em 2012, representando um crescimento de 28,5%.

> B2W DIGITAL anuncia Ebitda Ajustado de R$ 431,1 milhões em 2013

Em 2013, o Ebitda ajustado consolidado atingiu R$ 431,1 milhões contra R$ 331,2 milhões em 2012, representando um crescimento de 30,2%.

> B2W DIGITAL anuncia aumento de capital no valor de R$ 2,38 bilhões

O aumento de capital tem por objetivo melhorar a estrutura de capital da Companhia, e os recursos obtidos por meio de sua realização serão destinados à amortização de parte da dívida da Companhia.

> B2W DIGITAL lança a plataforma de web services [B] Seller

O [B] Seller é uma plataforma de criação de lojas online e sistemas de backoffice/ERP integrados, oferecendo aos lojistas a possibilidade de criar e operar suas lojas online com alta performance.

> B2W DIGITAL vai operar a loja online KM de Vantagens da Ipiranga

A B2W DIGITAL foi escolhida para operar a plataforma de comércio eletrônico KM de Vantagens por meio da marca Shoptime. Além disso, a operação permitirá que os clientes do programa de fidelidade da Ipiranga troquem seus pontos por produtos da marca.

> B2W DIGITAL anuncia o lançamento de 4 marcas próprias

A B2W lançou em dezembro/13 as marcas próprias Newme, Meemo, Topdesk e Orb, que estão disponíveis nos sites Americanas.com, Submarino e Shoptime. As marcas são relacionadas respectivamente às categorias de Beleza e Saúde, Petshop, Papelaria e Móveis.

CONTATO

Nosso E-mail
cia.verde@lasa.com.br

ENTRE EM CONTATO CONOSCO

logo americanas